Mitos e Verdades sobre a Hemodiálise

janeiro 18, 2013 | Posted by juliana | 11 Comments »

Equipe da CNC e pacientes durante sessão de HD

Quem pensa que a vida acaba quando alguém precisa se submeter à hemodiálise, está completamente enganado. Somente no Rio Grande do Sul, cerca de 5 mil pacientes recebem o tratamento e em Santana do Livramento são 96 pessoas que se beneficiam do serviço. Ao contarem com o auxílio do rim artificial proporcionado pelo tratamento, a maioria consegue manter uma vida normal, com direito a trabalho, família e lazer.

Para informar a população sobre esse assunto cercado de tabus, a Cardio Nefroclínica publicará uma série de sete matérias com o objetivo de revelar o que é a hemodiálise e como vivem os pacientes que dela dependem. “Nós temos pacientes que trataram com cuidado da diabetes e da hipertensão e, por isso, passaram muito tempo sem a necessidade de realizar hemodiálise. Quando chegou o momento de iniciar o tratamento já estavam devidamente preparados, inclusive visitaram a clínica antes para conhecer como seria o procedimento, reduzindo as tensões e anseios que surgem quando a pessoa não tem conhecimento prévio”, explica o cardiologista e nefrologista, Presidente da Sociedade Gaúcha de Nefrologia, João José Freitas.

A principal dica para evitar um quadro de agravamento da insuficiência renal é ficar atento ao índice de creatinina no sangue. Principalmente em pessoas com diabetes e pressão alta esse índice não pode ultrapassar 1,2 miligramas no sangue. Caso a creatinina se eleve é sinal de que chegou a hora de procurar um especialista no assunto. Buscar as informações corretas pode evitar que a pessoa perca as funções renais e garantirá, se for necessário, um tratamento dialítico eficaz e uma melhor qualidade de vida.

Parte dessa informação segue no quadro abaixo. Conheça alguns dos principais mitos e verdades sobre o assunto e não deixe de acompanhar as próximas matérias que trarão: histórias de pacientes, orientações para quem precisa de tratamento, opiniões de entidades que trabalham em parceria com o serviço de hemodiálise e a contribuição da ONG Alô Rim Livramento.

Pergunta: A hemodiálise é feita em pacientes com insuficiência renal severamente doentes?

Resposta: A hemodiálise não é um tratamento apenas para pacientes terminais. Quanto antes as pessoas identificarem suas deficiências no sistema renal, via exames de índices de creatinina, mais preparadas elas estarão para manter uma vida normal, mesmo utilizando a hemodiálise.

Pergunta: A pessoa que faz hemodiálise corre riscos durante o tratamento?

Resposta: O equipamento e material utilizados nas sessões de hemodiálise são dotados de recursos de monitorização e alarme que acompanham as reações dos pacientes. Além disso, o tratamento é controlado de perto por equipe treinada e capacitada para garantir o bom andamento do processo.

Pergunta: Quem faz hemodiálise sente dor?

Respostas: A hemodiálise é um tratamento totalmente indolor, entretanto como em qualquer tratamento podem ocorrer reações indesejadas que variam conforme o estado geral dos pacientes. Aqueles que seguem as orientações nutricionais e assistenciais corretamente, podem sair da sala de tratamento diretamente para realizar as suas tarefas diárias.

Pergunta: O transplante de rins é a única solução para a insuficiência renal?

Verdade: Existem três tratamentos para quando os rins param de funcionar: diálise peritoneal, hemodiálise e transplante. Todos possuem indicações específicas, efeitos e paraefeitos. Existem pacientes que optam por não realizar o transplante ou não possuem indicação médica para isso e continuam com suas sessões semanais de hemodiálise. Dessa forma, eles garantem uma qualidade de vida sem a necessidade de se submeterem a cirurgia.

Por Amanda Ziani

Category: cycle, Notícias

11 comentários em Mitos e Verdades sobre a Hemodiálise”

  1. eleandroaugusto disse:

    gostaria de saber mais sobre hemodialise se sorta ointestino ?

  2. elisangela disse:

    Gostaria de saber,porque minha mãe sente tanta dor,no rim mesmo com o tratamento que ela estar fazendo da emodialise,ela chora de dor dia e noite,no momento ela se encontra enternada em um hospital,mais eu não entendo o motivo de tanta dor sei que o caso dela e muito complicado mais tem outros pacientes que estão passando pela mesma situação e não sentem tantas dores,por favor me expliquem.obrigado

  3. Aline dos santos disse:

    Gostaria de saber se com o tratamento da hemodiálise em pacientes diabéticos pode causar a queda de cabelos

  4. juliana disse:

    Aline, a queda de cabelo é frequente nos pacientes portadores de insuficiência renal. O tratamento pode reduzir, mas não elimina essa possibilidade.
    É muito importante que você converse com os profissionais de saúde do seu serviço para solicitar orientações específicas para o seu tratamento.

  5. NILCE disse:

    Quem faz hemodialise com frequencia pode dirigir normalmente ?

  6. Jheovanna da Silva Mendes disse:

    Pode pintar o cabelo depois de meses?

  7. Vanessa almeida disse:

    A vida nao acaba devido a hemodialise, muito pelo contrario… eu agradeço a Deus por existir um tratamento que possibilita que eu viva sem as funçoes renais , assim poderei ver minha filha crescer e isso pra mim eh mais que satisfaçao… a hemodialise na vdd para pessoas jovens e ate alguns idosos eh um TESTE sim um teste ao que realmente importa na sua vida…
    Testa nossa vaidade quando usamos aquele cateter ou quando a veia da fistula começa a ficar mais alta, ou queda de cabelo , a perca de peso….
    Testa nosso sistema nervoso ( nao sao ntodas as pessoas que aceitam o tratamento)
    Testa nossa famila e amigos e quem realmente esta ao nosso lado para nos apoiar ( tem pessoas que sao discriminadas ate pelos familiares por acharem que esse tratamento e os sintomas que sentimos apos a dialise sao frescura!)

    eu gostaria de PEDIR para que todos os familiares e amigos conjugues e etc que convivam com uma pessoa que faz esse tratamento..
    tenha paciencia , nao e todo mundo que reage bem as sessoes nao eh frescura , imagine sua rotina estilo de vida mudarem totalmente o apoio das pessoas eh muito importante……

  8. Vanessa almeida disse:

    A vida nao acaba devido a hemodialise, muito pelo contrario… eu agradeço a Deus por existir um tratamento que possibilita que eu viva sem as funçoes renais , assim poderei ver minha filha crescer e isso pra mim eh mais que satisfaçao… a hemodialise na vdd para pessoas jovens e a idosos eh um TESTE sim um teste ao que realmente importa na sua vida…
    Testa nossa vaidade quando usamos aquele cateter ou quando a veia da fistula começa a ficar mais alta, ou queda de cabelo , a perca de peso….
    Testa nosso sistema nervoso ( nao sao todas as pessoas que aceitam o tratamento)
    Testa nossa famila e amigos e quem realmente esta ao nosso lado para nos apoiar ( tem pessoas que sao discriminadas ate pelos familiares por acharem que esse tratamento e os sintomas que sentimos apos a dialise sao frescura!)

    eu gostaria de PEDIR para que todos os familiares e amigos conjugues e etc que convivam com uma pessoa que faz esse tratamento..
    tenha paciencia , nao e todo mundo que reage bem as sessoes nao eh frescura , imagine sua rotina estilo de vida mudarem totalmente o apoio das pessoas eh muito importante……

  9. Denise disse:

    Eu agradeço a Deus pela possibilidade de realizar a hemodiálise e ganhar vida p acompanhar o crescimento da minha filha. Realizou procedimento próximo a minha casa.
    Não é um “tratamento” agradável, mas sem ele não poderia continuar sendo mãe.
    Já ouvi muita coisa ruim. Até que iria morrer logo se começasse o procedimento.
    Entrego tudo nas mãos de Deus e creio na Sua misericórdia!

  10. Letícia Leite disse:

    Olá! Minha mãe faltou na hemodiálise tem 3 dias! E agr a noite ela já estar começando a passar mal. Oq fazer para a melhoria dela dentro de casa até que ela chegue no hospital???

  11. Helen disse:

    Boa Tarde…Minha faz hemodialise a um tempo e desenvolveu anemia, e os cabelos dela estao caindo. Ela é muito vaidosa e gostaria de tingir os cabelos …Gostaria de saber se pode e quais produtos sao recomendados nesse caso…Obrigada..

Deixe um comentário