2009-2012: Apoio da ONG, SGN e Adequação para ONA

Em 2009 ganhamos um parceiro de peso. A ONG Alô Rim Livramento assumiu de maneira efetiva a tarefa de divulgar ações de prevenção e diagnóstico da doença renal crônica e suas complicações. Em 2011 esta organização formada por cidadãos santanenses voluntários disponibiliza à rede municipal de atenção básica um ambulatório multiprofissional especializado na atenção a doença crônica do adulto.

Neste período, configurando as características familiares da empresa, assume a Coordenação da Qualidade e Comunicação da CNC, a jornalista e relações públicas Juliana, caçula da família Freitas, já integrante da equipe desde 2007.

A equipe da CNC adotou uma nova forma de gestão baseada nos requisitos da Organização Nacional de Acreditação. Padronização dos processos com foco no planejamento das atividades, treinamento contínuo dos colaboradores e controle periódico de resultados, são algumas das ações incluídas no trabalho para garantir que nossas metas sejam alcançadas com excelência. Veio de encontro a isso a participação no Estudo piloto da IGI que possibilitou sua implementação do estado, tornando-a pioneira neste tipo de prática, estimulando o crescimento coletivo dos serviços de nefrologia do RS.

Selo da Acreditação Plena

Em agosto de 2012 adota o uso descartável de sistemas de hemodiálise, com o intuito de aumentar segurança no tratamento dos pacientes e a qualidade no trabalho da equipe.

Em abril de 2013, a CNC alcança suas metas históricas, descritas na visão de futuro da empresa: a conquista da Acreditação Plena conferida pela ONA e tornar-se um serviço de referência em saúde. Os novos tempos ainda prometem mais inovações, entre elas o compromisso de viabilizar o transplante renal na região.